31 de mar de 2013

Que venha o inverno perfeito

8 comentários
Estou empolgadíssimo com o inverno deste ano, não vejo a hora, estou com um desejo incondicional de acordar cedo e vestir tudo em dobro, duas calças, duas meias, duas camisetas, duas blusas.  No café da manhã, sentir os dedos amolecerem aos poucos ao segurar uma caneca de chá quentinho com as duas mãos, e respirar aquele vaporzinho de Camomila que aquece até a alma. Poder sair de casa e sentir aquele vento gelado, cortando o rosto, forçando-me a ficar todo encolhido com a boca atrás do cachecol.

Essa empolgação me ajudou em relação ao tricô. Não tricotava com frequência, até porque, tricotar no calor é uma tarefa agoniante, aquele fio de lã fazendo a mão suar como 'não sei oque'.
Mas agora, com a chegada do outono, vem junto algumas tardes frias, que já fazem sentir o aconchego do inverno. Fico empolgado para tricotar, fazer os 'amiguinhos' que me ajudarão a não congelar neste inverno. Comecei com o cachecol, o meu primeiro e enroscado trabalho de tricô, fiquei um bom tempo nele, e terminei a alguns dias, já empolgado comecei trabalhar no par de luvas, que em pouquíssimo tempo estavam prontas.
Consequentemente, acabo de completar um dos itens da minha lista de 36 coisas e meia.
Week {12/52} Preparado para o inverno
#8   Começar e terminar algum trabalho de tricô

As luvas são uma maravilha. Por ter feito com os dedos livres, posso fazer atividades manuais sem nenhum problema, como usar tela touch screen, digitar, escrever, fotografar, tricotar, comer e muitas coisas comuns no meu dia a dia.
Pretendo fazer mais um conjunto desse antes do inverno chegar de vez. Quero um cachecol crú e um par de luvas marrom.
 Poderia até arriscar uma touca, mas tenho um bloqueio com elas, não sei dizer. Sabe aquela coisa que você acha lindo nos outros, mas que em você parece que te faz parecer idiota? Bom, é a touca pra mim. Nunca achei uma que realmente me fizesse ficar confortável comigo mesmo. 

Estou com alguns planos sobre as luvas de tricô, mas prefiro manter segredo por enquanto :b

Vocês gostaram da luva? Pra quem quiser, meu primo vende luvas muito parecidas com essas na lojinha dele. Super recomendo.
~


29 de mar de 2013

Apenas seis

3 comentários
Estou um tanto quanto desanimado com tudo, não sei se é por causa dos problemas que venho tendo com as revelações da Diana, ou se é frescura mesmo, mas, eu sei lá, estou pra baixo ultimamente.
Lembram que fui a São Paulo na Lomography? Então, levei a Diana, com um filme semi novo, tirei fotos adoidado, e consequentemente fiquei extremamente empolgado com as fotos, até eu ir buscar as fotos e a mulher me falar que só saíram seis. Pois é, achei um absurdo, pensei em pular, gritar, espernear e exigir minhas fotos, que mais uma vez estavam todas, quase todas no negativo.  (No caminho de ida pra São Paulo, acabei sentando em cima da coitada da diana, a tampa traseira abriu, e acabou queimando umas três ou quatro fotos) 
Eu cheguei a conclusão, de que o laboratório que revela as fotos, é incompetente o bastante, para não conseguir revelar fotos Half Frame que a Diana faz, então, terei de comprar um digitalizador de fotos, para que eu mesmo digitalize os filmes e acabe com esse problema de vez. Mas isso é papo pra outra hora.
Das seis que saíram, gostei de todas.
A primeira foi a única que saiu de dentro da Lomography, triste não?  
Enfim, eu e meus primos vamos falar com o dono do laboratório seriamente (até porque agora temos outra Diana Mini na família), se ele mesmo assim não resolver nosso problema, ai o papo do digitalizador vai ser pra valer.

Veja as fotos do primeiro e segundo filme da Diana Mini no Flickr.

Volto já :D

24 de mar de 2013

Siga-me

5 comentários
Viajar é muito bom, se não for a melhor, é uma das melhores satisfações que o dinheiro pode nos dar.
O fotografo Murad Osmann juntou isso com sua criatividade, e criou uma série fotográfica encantadora.
Ele viaja ao redor do mundo e registra o momento sempre sendo puxado por sua namorada, então nomeou a série de Follow Me To.
"Para mim as fotografias são sobre como capturar coisas que outras pessoas poderiam não ver. É uma maneira de se comunicar. " Explica o autor que fotografou em diversos lugares famosos no mundo, como Veneza, Disney World, London Bridge e muito mais.
                                                                     {fonte}
Eai? oque acharam? Bom, eu achei o máximo a ideia de registrar os momentos assim, foi oque achei mais legal, pois eu penso constantemente em alguma forma de fotografar minhas viagens, de algum jeito que toda viagem eu faça o mesmo, e quem sabe montar um álbum com diversas fotos ao redor do mundo, assim como ele.  Pois é, sonhos são grátis, deveriam tentar :b
16 de mar de 2013

Paraíso das câmeras analógicas

7 comentários
Completando o item #28 da minha lista, conheci a Lomography Store.
Pois é, fui visitar o paraíso das câmeras analógicas em São Paulo. Pra quem também ama as gracinhas, ficariam loucos lá, assim como eu fiquei.
O lugar é aconchegante e gostosinho, a iluminação e a decoração meio que contribuem com a fofura. Não imaginei que teria tantos modelos de câmeras como tem lá, até mais do que no próprio site. A vontade de comprar tudo foi realmente difícil de conter.
Bom, deixe eu contar a história. A La Sardina do meu primo deu problema no obturador, então, ele mandou um email para a Lomography e disseram que ele deveria mandar a câmera para troca, ou ir lá pessoalmente. Então, aproveitamos a oportunidade, e fomos lá pessoalmente. Por coincidência ele trocou a La Sardina por uma Diana mini 'albina' (branca), como ele costuma dizer. Agora, nós dois temos Dianas minis.
#28 Conhecer a Lomography Store em São Paulo
Plaqueta em formato de Diana, uma graça *-*

A lojinha é linda, a única coisa que deixou a desejar foi o atendimento, meus primos tiveram uns probleminhas com o vendedor na hora de trocarem a câmera, foi bem desagradável, mas, não vou generalizar, até porque deve ter outros vendedores bons por lá.

Não pude deixar de tirar várias fotos pelo caminho, até porque, a região onde fica a Lomography é linda.
Week {11/52} Arte Urbana
Fiquei impressionado com a quantidade de cafés e restaurantes lindos e aconchegantes, todos um perto do outro. Esse Sofá Café, já entrou na lista das 36 coisas e meia pra fazer esse ano.
12 de mar de 2013

A famosa foto do windows

7 comentários
Alguém conhece esse lugar? Provavelmente não. Pois é, graças ao fotógrafo Chuck O’ Rear , esse foi cenário de uma das mais conhecidas imagens no mundo.
O papel de parede do Windows XP, sabe? Aquele que tinha nos nossos computadores antigos? Pois é, bastou uma câmera, uma boa visão fotográfica e ' voilà ' ...
Da pra acreditar que é o mesmo lugar? De inicio não acreditei muito, mas, então vi essa outra foto, que confirma tudo.
Chuck, agora com 69 anos disse que estava dirigindo por uma estrada na Califórnia quando ficou encantado com a grama verde e as nuvens brancas. Parou o carro, pegou sua câmera e fotografou a foto que hoje é uma das mais conhecidas do mundo, vista por mais de um bilhão de pessoas.
“Eu dirigi a mesma rota entre San Francisco e Napa várias vezes entre os anos de 2002 e 2003, mas foi apenas em janeiro, quando a grama estava verde e brilhante, que chamou minha atenção“ 

Ele contou também, que recebeu um telefonema do seu agente, dizendo que a Microsoft tinha interesse na imagem original. Foi então que sua foto entrou pra história das fotos.
Chuck O' Rear trabalhou para a National Geographic por 25 anos, e não conta quanto recebeu pelas fotos, pois assinou um contrato de confidência com a Microsoft, no entanto, a foto é declarada a segunda foto mais cara já comprada. {fonte}

O assunto é um tanto quanto ultrapassado, até porque já estamos com mais ou menos três ou quatro versões do windows depois do XP, mas, nunca soube nada sobre essa foto, e achei bacana compartilhar :b
5 de mar de 2013

Primeira revelação da Mini Diana

13 comentários
Depois de tanto Balacobaco, as fotos da Diana finalmente ficaram prontas.
Nem tudo foi tão fácil como parece. Tive um super trabalho pra conseguir comprar a câmera (tive de comprar umas três vezes, pois duas das vezes não deu certo a compra) e pra combinar, um super trabalho para conseguir as primeiras fotos.
Como eu disse naquele post, torrei todo o filme em dois dias, no outro dia já levei pra revelar. Quando fui buscar, a moça me deu a triste notícia de que nenhuma das fotos tinham saído. Voltei pra casa só com o negativo. Não conformado com tamanha falta de sorte, resolvi dar uma olhada no negativo. Quando olhei, não consegui entender o motivo das fotos não terem saído, pois estavam todas lá. No outro dia levei no laboratório novamente pra tentar digitalizar as fotos, pois se realmente não tivesse saído nada, ficaria mais barato que revelar. A digitalização só ficou pronta quatro dias depois.
Ontem, fui buscar a digitalização, e quase morri de felicidade com o resultado. Pois é, eu que sou totalmente pessimista, sempre acho que nada vai dar certo, me surpreendi. Saíram todas as fotos do filme, todinhas.
Algumas ficaram com uma faixa preta no meio, ou com pedaço de outra foto, porque ainda não peguei bem o jeito da câmera analógica, mas isso é completamente normal, eu espero :b
E pra comemorar a minha primeira revelação, a foto da semana vai ser tirada com a Diana.
Week {10/52} Pés e folhas lindas

Meus primos super me praguejaram, dizendo que minhas fotos sairiam todas tremidas por causa da minha tremedeira. Pois é, eu tremo um pouco de mais, não consigo deixar as mãos firmes. Mas bom, isso prova que pessoas com mal de tremedeira podem sim comprar a Diana e podem sim se dar bem :b

Acharam o post muito carregado de fotos? Pois é, fiquei com um pé atrás em postar todas as fotos, mas por ser a primeira revelação, e ainda mais por ter saído todas, pensei em postar assim desta vez.
 

kawagalvao.com/Copyright © 2012 Design by IpietoonPersonalização Kawã Galvão